Pés para cima não podem caminhar para o sucesso

17/10/2017

O que resulta da zona de conforto é a sensação de segurança e comodidade que ela nos traz. Mas se eu conquisto esse estado de tranquilidade por que eu deveria me preocupar em mudar? A melhor opção não seria continuar nessa inércia?

Relutar e ter dificuldades em aceitar as mudanças, ser pessimista, reclamar de todas as coisas e a auto-sabotagem, são as características mais comuns das pessoas que têm algum tipo de dificuldade em relação a criação de novos projetos.

Ao passo em que percebemos a chegada de algo novo, é muito comum sentir certo desconforto e descrença pelo medo do que está por vir. O desconhecido e as alterações repentinas dos hábitos nos tornam receosos a enfrentar qualquer mudança.

Mudar hábitos não é tarefa fácil. Segundo alguns estudos, nós precisamos cerca de duas semanas realizando uma mesma atividade para tornar ela um costume, mas é necessário a insistência para conseguir. Velhos hábitos não são excluídos de um dia para o outro, então a melhor maneira é substituí-los por outros que sejam mais produtivos.

Ao iniciar a jornada para mudar seus hábitos negativos, lembre-se de ir com calma. Não tente mudar muitos de uma única vez, pois o processo é lento e difícil de manter. Comece mudando práticas simples que você gostaria que melhorasse, e conforme perceber que as mudanças já se tornaram normais, incremente algo a mais ou comece a mudar algo que tenha uma dificuldade maior.

O planejamento é importante para manter o foco. Ter consciência de onde quer chegar, por quais caminhos irá percorrer e até o que pode dificultar o seu êxito, pode facilitar e acelerar todo o processo.

Escapar dos gatilhos também é uma boa estratégia para chegar ao objetivo. Evite situações e/ou locais que te façam repensar a respeito do que está objetivando. Durante o processo é normal pensar em desistir e questionar se aquilo que está querendo é realmente válido. Ter muito bem claro os seus propósitos vai te ajudar a seguir em frente e chegar a sua meta.

Nesse momento, qual é o propósito que você tem em mente para alcançar?

Em quanto tempo deseja trabalhar e concluir essa meta?

O que está fazendo, ativamente, para conseguir alcançar esse objetivo?

Para ajudar em seu propósito, o Coach com auxílio das técnicas referentes as perguntas poderosas, Programação Neuro-Linguística (PNL) e Hipnose ajuda no melhor direcionamento dos seus objetivos.


Venha fazer Coach no INBRATA

@andersonluizcoach!