O poder da linguagem ocular na construção da comunicação

13/12/2017

Já comentei muito aqui no Blog sobre a linguagem verbal, não verbal e a importância de cada uma delas, tanto na sua vida pessoal quanto na profissional. Quando falamos sobre a linguagem não verbal, associamos geralmente a gestos com as mãos, do corpo e esquecemos de uma muito importante tanto quanto as outras que é a linguagem ocular.

Isso mesmo, os olhos podem dizer tanto quanto sua língua.

Também chamado de linguagem silenciosa, a linguagem ocular é uma forma de comunicação feita a partir de padrões visuais.

Por ser muito autônoma, esse tipo de linguagem se torna uma das mais confiáveis já que ela é praticamente feita de forma inconsciente. Aqueles que conseguem compreender as dimensões e a grandeza desse tipo de comunicação sempre estará um passo a frente dos outros no mercado de trabalho.

A Programação Neurolinguística (PNL) defende que dependendo da situação é possível diferenciar quando uma pessoa está provavelmente dizendo a verdade ou mentindo a partir da sua movimentação ocular enquanto ela fala já que todos os deslocamentos dos olhos estão correlacionados com os nosso pensamentos. A partir da observação ocular da pessoa que estiver falando com você é possível observar e ter um aval da veracidade ou da intencionalidade daquilo que ela diz.

Algumas pistas podem ser observadas como:

  • Manter o olhar direcionado para baixo: Expressa muitas vezes falta de confiança, nervosismo ou timidez excessiva assim como sugere que a pessoa pode estar envergonhada, se sentindo insultada ou até mesmo triste.
  • Olhar linear ou direto: Bem comum, esse olhar manifesta um desejo, interesse, atenção ou confiança. Pode também ser um sinal de entusiasmo com aquilo que está vendo ou ouvindo.
  • Olhar direcionado para o alto: Sugere que a imaginação está sendo mais ativa. Geralmente esse olhar é recorrido nos momentos em que existe a necessidade de lembrar de algo. Exprime também a imaginação, criatividade e fantasia. Por vezes pode significar uma fuga do atual momento social, como forma de demonstrar rejeição, desagrado ou tédio.
  • Olhos que piscam sem parar: Pode passar o sentimento de medo, raiva, instabilidade emocional ou nervosismo por algo. O exagero de piscadas é um indicador de atividade neural sobrecarregada e constante.

A PNL  é uma ferramenta extremamente relevante para o seu aperfeiçoamento pessoal e profissional e o INBRATA te oferece esses recursos para que você possa atingir a excelência.

Venha fazer Coaching no INBRATA

@andersonluizcoach!