es-4 erros comuns cometidos por jovens empreendedores

10.12.2020

A educação Financeira e os erros que Jovens Empreendedores cometem

Para vocês jovens empreendedores, atenção, investir em educação financeira ajuda a ter o controle do próprio dinheiro, reconhecer as melhores opções para suas necessidades e, também, a ter um futuro tranquilo e seguro para sua empresa e finanças.

Conseguir abrir um negócio é uma tarefa que encontra diversos empecilhos, especialmente quando o empreendedor é jovem e tem pouca experiência.

Podemos afirmar que um dos maiores motivos que levam pequenas e médias empresas à falência, é a má administração de suas finanças e de seu fluxo de caixa. O empresário que não consegue controlar com eficácia o seu próprio fluxo de caixa, certamente também não terá êxito na gestão de sua empresa.

Com propósito de trabalhar a inserção da educação financeira no cotidiano de jovens, o Instituto Inbrata ressalta a importância em contribuir com a formação dos empreendedores que desejam se destacar, por isso separamos alguns erros comuns que acontecem devido à ausência de educação financeira.

01 - Excesso de Gastos

Para um empreendedor com muitas preocupações e afazeres em relação a sua conduta de trabalho na empresa, é comum que acabe realizando alguns gastos desnecessários, algumas vezes agindo no calor da emoção, sem tempo de calcular corretamente a ação que tomou, ou até mesmo na correria do dia a dia de trabalho, falta de conhecimento e experiência, o que acaba prejudicando o caixa da empresa. O ideal seria que cada aquisição da empresa venha a diminuir os gastos e aumentar a receita de seu negócio, e para que isso aconteça é necessário calcular os gastos antes de fazê-los.

02 - Desordem no fluxo de caixa

Algumas empresas se perdem em suas finanças, por desordem no fluxo de caixa, não mantém uma organização, seja ela a mais simples que for, toda empresa necessita registrar e controlar seus gastos. Existem aplicativos e ferramentas que disponibilizam planilhas e softwares capazes de controlar as contas a pagar e receber, seus investimentos, fluxo de caixa e o patrimônio da empresa. Tudo isso precisa ser analisado mensalmente, de preferência sendo comparado com as metas do período, de modo à sempre assegurar a boa saúde financeira da empresa.

03 - Endividamento, onde buscar ajuda?

Se sua empresa está em maus lençóis, endividada, você precisa pesquisar os melhores recursos financeiros para lhe ajudar neste momento, antes de comprometer o fluxo de caixa da empresa com dívidas contraídas a juros caros nos bancos, ou mesmo com descontos de recebíveis que limitam o seu crescimento, é importante que o empreendedor pesquise alternativas mais baratas e viáveis para sua situação, como empréstimos entre pessoas (também chamado empréstimos peer to peer), crédito PJ online ou outros, que tem menos custos e juros mais atrativos que a prática de mercado.

Atenção: Para que novos investimentos possam ser feitos, poupe sempre parte do lucro da empresa, assim o seu negócio não entrará em dívida e você terá uma quantia reservada para possíveis problemas e dívidas, ter um caixa reserva é essencial para manter o seu negócio ativo no mercado de trabalho.

04 - Contas pessoais X Contas da empresa: problema na certa!

Se você empreendedor costuma realizar este erro de não separar suas contas pessoais com as da empresa, muito cuidado, defina a quantia correta e exata de retirada para que seu negócio não seja prejudicado.

É necessário sempre manter a disciplina entre estes dois aspectos, e tomar o cuidado para não misturar as coisas, e prejudicar o caixa da empresa com seu salário pessoal, mesmo em momentos que o faturamento estiver bom, toda retirada de dinheiro deve ser bem calculada, lembrando que manter a saúde financeira da empresa, sempre será o primordial.

Quanto menos retiradas o empreendedor fizer, mais ele poderá reinvestir no negócio, fazendo-o crescer, principalmente durante os primeiros anos da empresa.

Esteja sempre preparado para possíveis erros e saiba como contorná-los para que eles não coloquem seu empreendimento em risco, ou lhe deixe sem saídas. Aprenda com seus erros e seja um empreendedor destaque no mercado.


Conte sempre com profissionais qualificados para lhe ajudarem a manter a saúde financeira da sua empresa. 

O Instituto Inbrata está preparado para lhe orientar nesta missão. Procure ajuda especializada do profissional de Coaching, explique sobre sua real situação na empresa e no mercado, suas ideias e frustrações, invista na educação financeira de sua empresa, e lhe ajudaremos a se tornar um empreendedor de sucesso com alto desempenho no ambiente empresarial.


@Anderson Luiz Coach